Reportagem

D. Maria II distinguido por levar Cultura às populações

Prémio Acesso Cultura - Mickaella Dantas 2024

O Teatro Nacional D. Maria II foi distinguido com o Prémio Acesso Cultura – Mickaella Dantas 2024, pelo projecto Odisseia Nacional que, desde Janeiro de 2023, disseminou a actividade artística deste Teatro por todo o país, num trabalho que envolveu as populações, os agentes culturais e as administrações autárquicas de mais de 90 municípios.

Este Prémio, que em 2024 assinala 10 anos de existência, distingue projectos institucionais e individuais que fomentem a participação e o acesso à cultura, cimentando o caminho no sentido da democracia cultural. Rita Pires dos Santos, Presidente da Acesso Cultura, sublinha: “a nossa ambição, partilhada com algumas entidades culturais e pessoas que colaboram connosco, é irmos além da lei e do que somos obrigados a fazer. Porque não é isso que garante dignidade e respeito para qualquer pessoa”.

Na sua 10ª edição, os Prémios Acesso Cultura – Mickaella Dantas 2024 atribuíram 4 Prémios e 3 Menções Honrosas. Na sua deliberação, o júri, composto por Ana Sofia Nunes (artista-mediadora – Acesso Cultura), Inês Cóias (atriz e performer), e Sara Cura (arqueóloga), destacou a Odisseia Nacional pelos seus objectivos, alcance, participação e inclusão, referindo que o projecto “aproxima quem faz e quem assiste, é heterogéneo, inclusivo e dialogante, dá destaque a quem nem sempre tem essa oportunidade, sendo por isso um projecto que desconstrói preconceitos e constrói proximidades”.

Para Rui Catarino, Presidente do Conselho de Administração do Teatro Nacional D. Maria II, “este reconhecimento reforça o empenho da equipa do Teatro Nacional D. Maria II no desenvolvimento de uma programação artística que garanta o acesso democrático e justo de todas e de todos à cultura, procurando enriquecer a vida cultural do nosso país. Um desafio a que nos propusemos em 2023 e que pretendemos prosseguir, com o objectivo de continuar a garantir a presença fundamental desta instituição em todo território português.”

“Este resultado não teria sido possível sem a dedicação, entusiasmo e investimento de toda a equipa do Teatro Nacional D. Maria II e também de todos os nossos parceiros, agentes culturais e administrações autárquicas, que connosco sonharam e concretizaram esta Odisseia Nacional”, acrescenta.

“Em janeiro de 2023, o D. Maria II iniciou uma viagem histórica, sem precedentes. A Odisseia Nacional começou como um projeto ambicioso, que envolveu 93 concelhos de todo o país e o esforço de muitas entidades parceiras e de toda a equipa desta instituição. Concebida para tornar a cultura mais acessível e inclusiva, esta Odisseia apresentou uma programação diversa, que incluiu espectáculos, iniciativas escolares, formação, projectos de participação, fóruns de pensamento e uma exposição. É com grande entusiasmo que recebemos o Prémio Acesso Cultura – Mickaella Dantas 2024. Um reconhecimento que é também um incentivo para continuarmos esta actividade cultural pelo território, com um Teatro verdadeiramente nacional.”, afirma Pedro Penim, Diretor Artístico do Teatro Nacional D. Maria II.

De entre os vários premiados da edição de 2024 do Prémio Acesso Cultura – Mickaella Dantas está também a Estrutura Associação Cultural, que foi reconhecida com o pelo espectáculo Descobri-quê?, uma criação de Cátia Pinheiro, Dori Nigro e José Nunes, que reflectia sobre as narrativas ainda perpetuadas sobre o período oficialmente designado como “descobrimentos”.

Este projecto estreou-se no âmbito da Odisseia Nacional do D. Maria II, tendo, nesse contexto, sido apresentado a escolas e público em geral de 15 concelhos do país.

Ao longo de um ano, a Odisseia Nacional do Teatro Nacional D. Maria II percorreu o país, envolvendo mais de 50.000 pessoas de 90 concelhos, numa lógica de coesão territorial através da cultura, da criação artística e da participação. O projecto disponibilizou ainda recursos de acessibilidade, como áudio-descrição, interpretação em Língua Gestual Portuguesa, legendagem, sessões descontraídas e folhas de sala em braille, em espectáculos e também em projectos participativos, oficinas, formação e conferências.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Close
Close