Início » Sociedade » Protecção Civil exibe meios na Madre de Deus

O Largo da Madre de Deus ofereceu o cenário ideal para uma demonstração de meios que fez soar todas as sirenes e mais algumas.

A tarde estava convidativa e a simpatia dos efectivos no terreno convidava os mais novos a perder as vergonhas. Houve tempo para subir aos carros de combate aos incêndios, apagar fogos (imaginários) com uma mangueira enorme e um jacto de água fortíssimo, conhecer a equipa cinotécnica e os seus pachorrentos cães-salvadores, experimentar a sensação de sismo através de uma placa sísmica, fazer volteio a cavalo, andar de segway ou até ter uma mini experiência radical deslizando em slide com o equipamento dos Bombeiros do Beato.

Ali ao lado também estavam os barcos de borracha e os fatos de mergulhador: pena que no Largo da Madre de Deus ainda não haja lagos profundos para experimentar actividades aquáticas!

A demonstração de meios incluiu a Protecção Civil Municipal (com a presença do Núcleo do Beato), os Bombeiros do Beato, o Regimento de Sapadores Bombeiros, a Polícia Municipal e outras entidades como a Death Clean, a única entidade no país credenciada para limpeza e desinfecção de locais de crime e trauma.

Silvino Correia, em representação do presidente da Junta de Freguesia do Beato, Hugo Xambre Pereira, afirma ao nosso jornal que a autarquia “tem todo o gosto em associar-se a estes eventos que servem essencialmente para sensibilizar a população para a importância de todas as entidades que trabalham em prol da comunidade, seja na actuação em caso de catástrofe, seja na educação e prevenção, seja na prestação de socorro no dia-a-dia”. Para o substituto legal do presidente o factor mais positivo foi “a presença de um elevado número de crianças e jovens”.

Sem comentários... Seja o primeiro a comentar!