Início » Sociedade » Parlamento dos Jovens: “Também temos uma palavra a dizer!”

A Escola Básica Integrada Vasco da Gama, no Parque das Nações, recebeu a Sessão Distrital de Lisboa do Parlamento dos Jovens. O EXPRESSO do Oriente foi ver como se pensa a política entre os jovens e ficou impressionado com estes esclarecidos deputados!

75 alunos e alunas provenientes de 25 escolas de todo o distrito de Lisboa reuniram-se na Escola Vasco da Gama no dia 14 de Março para debater os 40 Anos de Constituição Portuguesa e do Poder Autárquico.

Como inspiração para a sessão, havia o mote: “A Constituição que temos, a Constituição que queremos: desafios ao poder local”.

E os desafios foram muitos e sobre os mais variados temas, colocados logo desde o início da sessão, quando os alunos puderam dirigir as suas questões à deputada da Assembleia da República, Susana Amador (sendo que também ela esteve ligada ao poder local, depois de ter exercido o cargo de presidente da Câmara Municipal de Odivelas).

Défice e saúde das finanças públicas, lei da paridade nas listas eleitorais, advento dos movimentos de cidadania, eventual contágio europeu de uma maior expressão da extrema direita, currículos escolares, transportes inter-municipais, amianto nas coberturas das escolas, morada única digital, descentralização de competências… Os assuntos foram todos eles interessantes e davam pano para mangas se, em vez de um dia, a sessão durasse um mês!

Os Projectos de Recomendação foram apresentados pelos jovens deputados com diferentes graus de nervosismo, “à-vontade” e capacidade oratória, mas ninguém terá dúvidas de que esta experiência serviu para adquirir competências que serão muito úteis no futuro, independentemente do caminho profissional que estes alunos escolham seguir…

Certo é que todos representaram dignamente as suas escolas e revelaram uma elevada preparação e estudo sobre as diversas matérias que quiseram levar à Sessão Distrital.

Um ponto em destaque (e salientado por vários dos intervenientes) foi a elevada representação feminina, que serve de exemplo para outros organismos se inspirarem!

Como resultado da Sessão, foi aprovado o Projecto de Recomendação a submeter à Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens, que irá decorrer nos dias 8 e 9 de Maio na Assembleia da República, foram eleitos os deputados que representarão o Círculo Eleitoral do Distrito de Lisboa e foi aprovada a proposta de tema para a próxima edição.

As quatro escolas eleitas são o Externato de Penafirme, com os deputados Ana Beatriz Matos e Ana João Veloso, a Escola Salesianos de Manique, com os deputados Tiago Mendes e Eva Pinho, o Colégio Vasco da Gama, com os deputados Inês Jacinto e Guilherme Ramalho, e a Escola Secundária Miguel Torga, com os deputados Hugo Sousa (porta voz) e José Esteves.

Além da presença da deputada Susana Amador, também estiveram na Sessão Distrital o representante da Delegação Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo, Francisco Neves, a diretora regional de Lisboa e Vale do Tejo do IPDJ, Eduarda Marques e a subdirectora do Agrupamento de Escolas Eça de Queirós, Isabel Nascimento.

Em paralelo, decorreu no mesmo dia o Concurso Euroscola, organizado pelo Parlamento Europeu em parceria com o IPDJ. Saiu vencedora a Escola Ibn Mucana, com as alunas Matilde Groginha e Marta Capão, que irão representar o distrito de Lisboa na Sessão Nacional.

Força, juventude!

Sem comentários... Seja o primeiro a comentar!