Início » Sociedade » Arte urbana e hip hop nos Olivais

Há um novo mural de arte urbana nos Olivais, a homenagear o falecido rapper Beto di Ghetto. A inauguração contou com um pequeno concerto que reuniu dezenas de pessoas no local.

A iniciativa foi organizada pela Junta de Freguesia dos Olivais, que também entregou o prémio do concurso “Olivais Urban Art 2017”.

Subordinada ao tema “Olivais 620 anos de Cultura e Desporto”, a segunda edição deste concurso de arte urbana premiou o artista Nuno Alecrim com um cheque no valor de 500€. O mural vencedor está mesmo ao lado da homenagem a Beto di Ghetto e chama-se “Preto e branco”.

Para a presidente Rute Lima, “a Junta de Freguesia dos Olivais terá sempre pelo Beto um carinho especial e uma dívida de gratidão pela forma como se entregou ao projecto comunitário do Bairro Bensaúde e pelo trabalho que desenvolveu com as crianças e jovens daquele bairro”. Perante os familiares do rapper, a autarca lamentou o infortúnio do seu falecimento e reiterou o “grande orgulho” em “contar com tão grande talento e qualidades humanas na nossa freguesia”.

Depois da foto de grupo e do discurso de Rute Lima, seguiu-se um concerto de hip hop com vários artistas convidados ali mesmo, na Avenida Cidade de Luanda, junto ao Campo Branca Lucas, casa do Sport Lisboa e Olivais, que se associou ao concurso de arte urbana como parceiro da Junta de Freguesia.

Sem comentários... Seja o primeiro a comentar!